Deputado aciona PGR contra Bebel Gilberto por crime contra bandeira

O deputado federal Sanderson (PL) entrou com uma representação na Procuradoria-Geral da República (PGR) contra a cantora Bebel Gilberto, filha de João Gilberto, por prática contra a bandeira nacional. Segundo o documento, a conduta da artista constitui convenção penal passível de multa. “Isso porque a bandeira, assim como o hino nacional, as armas nacionais e o selo nacional, são considerados como símbolos do país”, destaca o texto. A representação contra Bebel Gilberto por possível prática de crime contra símbolo nacional é apresentada após a artista pisotear e sambar em cima da bandeira do Brasil durante um show no dia 19 de julho na Califórnia, nos Estados Unidos. “Os gestos protagonizados pela representada também remetem ao movimento de quem usa o pavilhão nacional como pano de chão”, diz o deputado federal. Gravações do episódio que Bebel Gilberto pisa na bandeira brasileira repercutiram nas redes sociais no último final de semana, levando a artista a se manifestar sobre o assunto. Ela afirmou que o ato foi impensado e publicou uma outra parte do vídeo, em que pede desculpas ao público.