Praia Grande – Força tarefa inibe realização de bailes itinerantes como Mandela

Bailes conhecidos como Mandela foram principal alvo das ações

A Guarda Civil Municipal (GCM) e as polícias Civil e Militar, além de setores da Prefeitura de Praia Grande, se uniram para realizar forças-tarefas para inibir a realização dos bailes conhecidos como Mandela. A ação no cancelamento de três eventos que estavam programados para ocorrer, além das mais de 300 pessoas abordadas, veículos apreendidos e estabelecimentos comerciais autuados que foram averiguados durante os trabalhos.

As operações aconteceram nas madrugadas de sexta-feira (21), sábado (22) e domingo (23) e percorreram vários bairros da Cidade.

Entre os locais que foram alvos das operações, de acordo com o secretário de Assuntos de Segurança Pública, José Americo Franco Peixoto, estavam as ruas Professora Heleny Rosa e Frei Francisco Alverne, no bairro Melvi; e Rua 14, no bairro Mirim, onde havia informações prévias de que seriam realizados o Mandela. “Havia uma determinação do Ministério Público de que essas áreas fossem monitoradas e, com isso, conseguimos impedir que os eventos fossem realizados”.

O resultado foi considerado positivo pelo secretário, que explicou que outros pontos foram vistoriados por conta de denúncias que chegam à Guarda Civil Municipal e outros setores da Administração Pública.

“Flagramos desde infrações administrativas, como bares com falta de alvará, até veículos produto de roubo e furto, abuso no volume do som em bares e carros e até a apreensão de máquinas de caça-níqueis”.

Ao todo, foram abordadas 331 pessoas, sendo sete delas detidas ou apreendidas (no caso de menores de idade) à Delegacia; 79 veículos abordados; 23 aparelhos sonoros apreendidos e 11 estabelecimentos lacrados ou interditados.

Além da Guarda Civil Municipal e polícias Militar e Civil, participaram das operações agentes da Secretaria de Trânsito (Setran) e fiscais das secretarias de Urbanismo (Seurb) e Serviços Urbanos (Sesurb).

A população pode e deve colaborar com o trabalho denunciando aos telefones 190, da Polícia Militar, e 153 ou 199, da Guarda Civil Municipal.

Fonte: A tribuna

Deixe Seu Comentário !

Comentários



Parabéns por ser visitante do Uola. Nosso intuito é informar com o melhor conteúdo todos os assuntos que nosso leitor realmente deseja ler, por isso, sua sugestão para pautas será sempre bem vinda.