Praia Grande – Idosa foi vítima de golpe ao tentar comprar colchão

Dupla vendeu um colchão magnético superfaturado sem entregar tudo que foi prometido e sumiu sem deixar rastros

 

Uma idosa moradora do bairro Jardim Melvi, em Praia Grande, diz ter sido vítima de um golpe aplicado por um casal que bateu em sua porta. Acompanhados de uma criança de colo, os dois estiveram na casa de Maria Lucia da Silva, 64 anos, oferecendo um colchão magnético no dia 24 de agosto.

Na sexta-feira (5), eles acompanharam a vítima até uma agência do Santander, no bairro Boqueirão, para efetuar empréstimos no total de R$ 2.670,00 visando o pagamento do colchão.

Segundo a vítima, o homem argumentava que poderia perder o emprego se não fizesse a venda e que precisava de dinheiro urgentemente.

A idosa concordou com a compra e uma cama e um colchão foram prometidos no pacote, mas apenas o segundo item foi entregue.

Adriana Gomes, sobrinha da idosa, desconfiou da prática e, ao pesquisar sobre o assunto, percebeu que os preços dos itens vendidos estavam superfaturados. “O homem falou que era dono de uma loja na Vila Caiçara, mas não é. Minha tia foi passada para trás”, ela lamenta.

Apesar de ter informado à idosa que a loja estaria localizada em Praia Grande, os dados que constam na nota de serviço apresentada são de Guarujá, no Parque Enseada. A Reportagem tentou contato com os vendedores pelos telefones informados na nota, mas as ligações não completavam.

O casal sumiu sem deixar rastros que possam identificá-los. A sobrinha registrou no final da manhã desta quarta-feira (9) um boletim de ocorrência no 2º DP do Praia Grande, onde o caso é investigado.

Fonte: A tribuna

Deixe Seu Comentário !

Comentários



Parabéns por ser visitante do Uola. Nosso intuito é informar com o melhor conteúdo todos os assuntos que nosso leitor realmente deseja ler, por isso, sua sugestão para pautas será sempre bem vinda.