PREVISÕES PARA 2016, O ANO DO MACACO.

De acordo com o horóscopo chinês, o macaco é um animal político muito esperto, e, sob esse signo, o ano é de muita agitação.

Por coincidência, o ano de 2016 no Brasil será marcado por uma efervescência política. No cardápio, eleições para prefeitos e vereadores; impeachment da presidente; cassação da chapa Dilma/Temer; operação Lava Jato (prisões de uma dezena de políticos com mandato); depressão econômica (inflação alta, baixo crescimento do PIB, desemprego em alta, juros altos, Dólar alto, desequilíbrio fiscal, mais rebaixamentos de nota soberana etc), olimpíadas, troca-troca de partidos; cassações de Eduardo Cunha, Collor, Renan Calheiros, Delcídio do Amaral…; e Lula preso na cadeia. Tá rindo de quê, macaco? Não precisa explicar. Eu só queria entender. Então, vamos ao cardápio:

ELEIÇÕES PARA PREFEITOS E VEREADORES EM 2016 COM URNAS ELETRÔNICAS

partidos

 

A corrida eleitoral já começou! Como previ, não passava de ameaça para constranger o congresso Nacional, o alarde de as eleições serem com cédulas de papel – disse no Facebook: “Que mentira, que lorota boa!” -.

A previsão para o resultado das eleições é que o dado mais significativo seja redução drástica do número de vereadores e prefeitos eleitos sob a sigla do Partido dos Trabalhadores PT, quer seja pela influência dos casos de corrupção (Lava Jato, prisões), quer seja pela debandada no troca-troca – i.e. Marta Suplicy (do PT e foi para o PMDB) -, quer seja pelo esfacelamento das alianças, principalmente na dupla PMDB/PT, que se confrontarão em pelo menos 14 capitais, ou fusões partidárias (PPS/PSB, por exemplo). As siglas partidárias colocarão suas celebridades a comer pastéis e tomar no bule o cafezinho das padarias.

Do lado da opção mais acentuada do pleito, estarão os votos brancos e nulos em manifestação lamentável de desencanto com a política e os políticos em geral.

IMPEACHMENT DA PRESIDENTE DILMA COM O RITO DA SUPREMA PORCA.

porca

Dilma é porca do ano de 1947no horóscopo chinês. No ano do macaco, porém, a porca não tem vez, porque quanto mais mexe, mais fede.

Assim foi com o julgamento no Supremo Tribunal Federal sobre o rito do impeachment. Além de cassar prerrogativas parlamentares de auto- organização nos casos de eleição, STF prorrogou a sangria da presidente por pelo menos mais seis meses em 2016. Previ em artigos diversos que o processo de impeachment seria instaurado em 2015.

E foi! Torci e alimentava a esperança de que o processo avançasse e afastasse Dilma do poder antes do natal. Não rolou. Em março – ah, fatídico março brasileiro! -, a espada sob a cabeça de Dilma pode complicar mais a comunicação torta dos dois neurônios da petista. Não haverá a menor condição de ela se manter na presidência da República, em razão do conturbado ambiente político e econômico.

A carta de renúncia de Dilma já está pronta e será usada para declarar o “golpe da direita conservadora contra os avanços e conquistas sociais do PT, a vítima da CIA e das oligarquias do retrocesso”. Como Jânio Quadros, Dilma não terá resposta popular para ficar no cargo.

Ao contrário, o Brasil ficará aliviado com sua saída, seu recolhimento à reflexão de sua inépcia para presidir um país tão carente, tão pobre e tão vilipendiado por políticos corruptos e incompetentes.

CASSAÇÃO DA CHAPA DILMA/TEMER PELO TRIBUNAL SUPERIOR ELEITORAL – TSE

impeachment

Logo após as eleições de 2014, afirmei várias vezes que a reeleição de Dilma Rousseff havia sido maculada por abuso de poder econômico e de comunicação, pois somente por cinismo alguém pode negar que houve utilização de verba desviada por corrupção da Petrobrás na campanha da presidente.

Afirmei que a Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) tinha condição de prosperar e haver julgamento pela procedência com o decreto de cassação da chapa Dilma/Temer. Em 2016, com o volume de informação da operação Lava Jato à disposição dos Ministros do TSE, não há como refutar o abuso no uso de dinheiro sujo para financiar a campanha e o próprio PT.

O julgamento dessa AIME pode coincidir com o andamento do processo de impeachment e colocar mais fervura na pressão pela cassação de Dilma. Nesse compasso, até agosto de 2016, esse processo é julgado. Por se tratar de tema constitucional (art. 14, parágrafo 10º), há possibilidade de recurso perante o Supremo Tribunal Federal – é aí que sempre mora o perigo, por causa da presença do Ministro Ricardo Lewandowski que sempre advoga para o PT.

NO SENADO, SUJEIRA PRA TODO LADO. OS MACACOS VELHOS!

color

Romero Jucá (PMDB-RR), Valdir Raupp (PMDB-RO), Edison Lobão (PMDB-MA), Benedito de Lira (PP-AL), Ciro Nogueira (PP-PI), Humberto Costa (PT-PE), Gleisi Hoffmann (PT-PR) e Lindberg Farias (PT-RJ) são os Senadores sob investigação da Procuradoria Geral da República por envolvimento no esquema de corrupção na Petrobrás. O Collor é macaco velho em matéria de cassação de mandato e conselheiro mor da Dilma porca.

A previsão é que em meados de 2016 outros se juntarão ao ex Senador Delcídio do Amaral atrás das grades do quartel, enquanto vagas sejam abertas em Curitiba. “Que país é esse? Piada no exterior.

Mas o Brasil vai ficar rico. Vamos faturar um milhão, quando vendermos todas as almas dos nossos índios num leilão”.  E o Lula diz que a culpa é dos portugueses! Oh mar salgado! São lágrimas de Portugal.

Quanta infâmia da ignorância teus infantes ainda vão ouvir para obscurantismo dos incautos ouvintes dos tiranos populista no terceiro mundo e alhures assaltadores do das economias e crenças dos pobres, sempre a lhe apor o carimbo de desvalido da cor e da fortuna ingrata.

LULA LÁ PRESO NA PAPUDA OU NA CADEIA DE CURITIBA

lula

Por diversas vezes anotei que o destino de Lula na política haveria de passar por uma condenação criminal a levá-lo para cumprimento de pena restritiva de liberdade, por ser ele o chefe da organização criminosa travestida de partido político.

A cada dia, o cerco se fecha em torno dessa constatação inexorável nas relações íntimas com aqueles já presos no mensalão e no petrolão. Em 2016, a História do Brasil se encontrará face a face com essa narrativa dos fatos históricos, porque é disso que a História é escrita.

O mundo ao nosso redor apoiará a palma da mão no maxilar penso à esquerda para observar a demora na cena de encarceramento de Lula, a indagar a causa de tanta demora em ver o óbvio e ululante: Lula sempre foi o chefe da organização criminosa que assalta o Brasil nos últimos 13 anos. É o fim das macaquices lulistas.

Hermano Leitão

Lawyer & Auditor
(11) 9 9999-9124

Author of the book Brasil, nação sem caráter.

Deixe Seu Comentário !

Comentários



Parabéns por ser visitante do Uola. Nosso intuito é informar com o melhor conteúdo todos os assuntos que nosso leitor realmente deseja ler, por isso, sua sugestão para pautas será sempre bem vinda.